RECICLAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Clayton Luis Macena, Mariane Alves de Godoy Leme

Resumo


A construção civil é considerada um setor estratégico para a economia brasileira, no entanto tem apresentado grandes deficiências nos aspectos de gerenciamento ambiental, especialmenteno domínio da reciclagem de resíduos sólidos de construção e demolição.No processo construtivo, é gerado diariamente grande quantidade de resíduos compreendidos por argamassa, areia, cerâmicas, concretos, madeira, metais, papéis, pedras, tijolos, tintas, fazendo com que este acúmulo de resíduos setorne um sério problema nas cidades brasileiras. Faz-se importante que cada município devapossuir um plano integrado de gerenciamento de resíduos. Projetos de pesquisa da área visam desenvolver normas técnicas para facilitar a reciclagem desses resíduos, além de metodologias de controle de qualidade dos produtos gerados. Outra meta é investigar outros usos para os resíduos da construção civil. Assim, esse artigo aborda uma revisão bibliográfica e o estudo de caso sobre os aspectos sociais, econômicos e ambientais da reciclagem e reuso de resíduos sólidos na construção civil. Concluiu-se que a construção civil possui grande potencial para implantação de programas de redução de perdas e de sistemas de gestão da qualidade na execução dos trabalhos; no entanto, dentre tantos métodos de gerenciamento, acabou-se por não se dar a devida importância aos resíduos de construção e demolição, que estão se tornando cada vez mais volumosos. Logo, a prática da reciclagem deve ser mais exercida no âmbito da Engenharia e Construção Civil.


Palavras-chave


Resíduos Sólidos; Construção Civil; Reciclagem; Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRECON – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA PARA RECICLAGEM DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL E DEMOLIÇÃO. História do Entulho. 2015. Disponível em: . Acesso em: 02 Ago. 2015.

BRASIL. Ministério do Planejamento e Orçamento. Secretaria de Política Urbana – SEPURB-MPO. Projeto BRA/92/017 Gestão e Tecnologias de Tratamento de Resíduos. (cópia interna). SEPURB/MPO, SMA/SP, Projeto BRA-093/013 e Projeto BRA-092/017. Brasília, Agosto de 1996.

CONAMA - CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE. Resolução 307 (2002). Publicada no DOU nº 136, de 17/07/2002, págs. 95-96. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão dos resíduos da construção civil.

CORCUERA, D. Edifícios de Escritórios: o Conceito de Sustentabilidade nos Sistemas de Vedação Externa.Dissertação(Mestrado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, FAU-USP, 1999.

CORRÊA, L. R. Sustentabilidade na construção civil. Monografia(Especialização) – Escola de Engenharia UFMG. Departamento de Engenharia de Materiais e Construção. Belo Horizonte, 2009.

FONTES, M. T. M. Gestão dos resíduos sólidos da construção civil na cidade de salvador e a implementação da resolução Conama no 307/2002. Dissertação(Mestrado) – Universidade Federal da Bahia. Salvador, 2008.

salvador e a implementação da resolução Conama no 307/2002. Dissertação(Mestrado) – Universidade Federal da Bahia. Salvador, 2008.

JOHN, V. M. Reciclagem de resíduos na construção civil: Contribuição para metodologia de pesquisa e desenvolvimento. Tese (Livre Docência) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia de Construção Civil. São Paulo, 2000. 113p.

LEVY, S. M.; HELENE, P. R. L. Reciclagem de entulhos na construção civil e a solução política e ecologicamente correta. In: simpósio Brasileiro de Tecnologias de Argamassa, 1º, Goiânia, Brasil. Agosto 1995 Anais. Goiãnia, PP 315-325.

PAIVA, P. A.; RIBEIRO, M. S. A reciclagem na construção civil: como economia de custos. REA. Revista Eletrônica de Administração (Franca. Online), v. 4, p. 1-15, 2005.

PINTO, T.P. Metodologia para a gestão diferenciada de resíduos sólidos da construção urbana. Tese (Doutorado) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. São Paulo, 1999.

SCHWENGBER, E. R. Resíduos da construção civil. Monografia (Especialização) – Universidade Federal do rio Grande do Sul.Porto Alegre, 2015. URBAN. Estação de Tratamento de Resíduos Sólidos. Apostila de dados. São José dos Campos, SP: 1996.

VÁSQUEZ, E. Introdução. In: CASSA, J. C.; CARNEIRO, A. P.;BRUM, I. A. S.(Organ.). Reciclagem de entulho para produção de materiais de construção: projeto entulho bom. 2001. 22-25.EDUFBA; Caixa Econômica Federal, Salvador 2001 .22-25.

VIEIRA NETTO, A. Como gerenciar construções. São Paulo: Pini, 1988. 119 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.