AVALIAÇÃO DAS COMPLICAÇÕES PULMONARES NA ANEMIA FALCIFORME EM PACIENTES DO HEMOCENTRO- UNICAMP.

Lais de Cássia Pinheiro Irala, Renata Lopes Rodrigues

Resumo


Doença falciforme é um termo genérico usado para nomear um grupo de alterações genéticas e hereditárias caracterizadas pelo predomínio de uma hemoglobina anormal denominada de hemoglobina S (HbS). Quando desoxigenada, a HbS polimeriza, formando estruturas filamentosas (polímeros de HbS desoxigenada) que se depositam nas hemácias, modificando sua forma e tornando-as falciformes. Na anemia falciforme, o pulmão é um dos órgãos mais acometidos, pois são particularmente vulneráveis aos eventos vaso-oclusivos e resultam em significativa morbimortalidade. As complicações pulmonares incluem síndrome torácica aguda, hipertensão pulmonar, asma e casos de infecções, que aumentam o risco de morte em pacientes com anemia falciforme. Devido a este risco foi avaliada a prevalência destas complicações em pacientes portadores de anemia falciforme no Hemocentro da Unicamp. Considerando os riscos e a morbimortalidade destas complicações, é importante avaliar a sua prevalência a fim de compreender o processo desta doença em populações, e, desta forma, aperfeiçoar as políticas de saúde voltadas para os pacientes portadores de anemia falciforme. Neste trabalho foram quantificadas as complicações pulmonares de 83 pacientes, no período de janeiro a junho de 2015. Dentre estes, 65% dos pacientes possuíam alguma complicação, com maior frequência a hipertensão pulmonar com 43% entre todas as complicações. Devido a importância do risco que as complicações pulmonares apresentam, devem merecer um cuidado especial para com o paciente.

Palavras-chave


Doença falciforme. Complicações Pulmonares. Anemia falciforme.

Texto completo:

PDF

Referências


AGENCIA NASCIONAL DE VIGILANCIA SANITARIA. Manual de Diagnóstico e Tratamento de Doença Falciformes. Brasilia: 2001.

BEZERRA, M. A. C. Determinação das propriedades adesivas e funcionaisem Glóbulos Vermelhos, Neutrófilos e Plaquetas de Pacientes com Hemoglobinopatia SC, S/β Talassemia e Talassemia Intermediária. 2009. 131 f. Tese – Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual deCampinas, Campinas, 2009.

CARDOSO L.H.F.; ALBUQUERQUE D.M. , SANTOS A. , SANTOSM.N .; BEZERA M.A.; ARAUJO A.S.; ARAUJO N.B.; COSTA F.F.; PENTEADO C. F. F. Investigação de snps do gene ccl11 (eotaxina-1) associados a complicações pulmonares em crianças portadoras de anemia falciforme. Revista BrasHematolHemoter, v. 34, p.238, 2014

CASTRO, A. S. Anemia de hemácias falciformes. Jornal de Pediatria, Rio de Janeiro, v.1, n.11, p.247-445. 1934.

CORRÊA, L. H. F. C.;Estudo de Polimorfismos nos genes CCL5 e CCL11 associados a complicações pulmonares em crianças portadoras de anemia falciforme.In: ZAGO, M. A.; FALCÃO R. P.; PASQUINI, R. Tratado de Hematologia. São Paulo, Atheneu Rio, p. 205-223, 2013.

COSTA, F. F. Anemia Falciforme. In: ZAGO, M. A.; FALCÃO R. P.; PASQUINI, R. Tratado de Hematologia. São Paulo: Atheneu Rio, p. 205-223, 2013.

FONSECA, S. F; NUZZO, D. V. P. Anemia falciforme e infecções. v.80, n.5, p. 374-54, 2004

GUALANDRO, S. F. M; FONSECA, G. H. H; GUALANDRO, D. M. Complicações cardipulmonares das doenças falciformes. v.3, n.29, p.291-298, 2007

PALLIS, F. R. Avaliação funcional dos eosinófilos na anemia falciforme e o efeito do tratamento com hidroxiureia. 2011. 89 f. Tese – Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual deCampinas, Campinas, 2011.

QUEIROZ, A. M. M.; LOBO, C. L.; LIMA, A. L. L. ; AGUIAR, T. F. ; RUBIN, I. ; BOECHAT, T. O. ; CAMPOS, J. S. . Identificação de fatores de risco, em pacientes com doença falciforme, que evoluiram para Síndrome Torácica Aguda no atendimento no setor de enfermagem. In: Congresso Brasileiro de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular - HEMO 2012, 2012, Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia - HEMO, 2012. p. 113-113.

STEINBERG, M.H.; Management of sickle cell disease. N Engl J. Med. v.340, n.13, p. 1021-30, 1999.

SOUZA, B.B.; Souza, Volpe R. A.; SALUSTIANO, S. G.; CARLOS, A. M.; VELLOSO, C. R.; Souza, H.M . Análise comparativa entre os métodos de diagnóstico para talassemiaalfa: dados preliminares. In: Congresso Brasileiro de Hematologia e Hemoterapia, 2012, Rio de Janeiro. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia. São Paulo, 2012. p. 1-560

TORRES, F. R.; DOMINGOS, C. R. B. Hemoglobinas humanas – hipótese malária ou efeito materno?.Rev. bras. hematol. Hemoter. V.27, n. 1, p. 53-60, 2005


Apontamentos

  • Não há apontamentos.