Políticas Editoriais

Foco e Escopo

O Caderno de Estudos e Pesquisas Foco é uma publicação semestral das Faculdades Integradas Maria Imaculada que tem como objetivo a divulgação e a democratização de pesquisas nas áreas de conhecimento Administração; Biomedicina; Ciências: Biologia, Matemática e Química; Engenharia Civil, Farmácia; Gestão Ambiental; História; Letras; Pedagogia; Química Industrial e Serviço Social. Para a publicação aceita-se artigos inéditos, de graduação ou pós-graduação, resultado de estudos teóricos ou teórico/práticos. Os autores são inteiramente responsáveis pelas informações divulgadas nos artigos, que não expressam, necessariamente, a posição oficial das Faculdades Integradas Maria Imaculada.

 

Políticas de Seção

Editorial

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Normas para publicação

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação do Caderno de Estudos e Pesquisas Foco adota o padrão peer review e consta de duas etapas:

Avaliação preliminar por um membro do Conselho Consultivo / Científico do Caderno de Estudos e Pesquisas Foco, que examina a adequação às linhas de pesquisa da revista;

Avaliação por membros do Conselho Consultivo / Científico ou por consultores ad hoc escolhidos entre os especialistas do assunto, através do procedimento double blind review (avaliação cega bilateral), ou seja, desconhecimento mútuo entre autores e avaliadores.

Após receber a avaliação preliminar, o(s) autor(es) deverão devolver o artigo com as correções em 20 dias. O mesmo acontecerá após receber o parecer técnico dos especialistas no assunto, o(s) autor(es) deverá(ão) devolver o artigo com as correções em 20 dias para dar prosseguimento à publicação.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.